Macau

Se você planeja visitar Hong Kong durante vários dias, uma opção muito interessante é visitar Macau durante um ou dia. A ex-colônia portuguesa é ideal para fazer uma agradável excursão.

Macau (ou Macao) foi cedida ao governo chinês por Portugal em 1999. Seu ar colonial faz dela uma cidade única na China e um destino turístico com identidade própria.

O que ver em Macau?

Se você só vai estar um ou dois dias em Macau, percorrer seu centro histórico, entrar em alguns cassinos e fazer essas visitas será suficiente:

  • Largo do Senado: Esta rua marca o centro histórico e define a herança de Portugal em Macau. Nela você encontrará edifícios históricos como os Correios ou a Santa Casa da Misericórdia. Esta zona lembra cidades como Lisboa.
  • Ruínas de São Paulo: Subindo pela Rua de São Paulo, você chegará às ruínas do que era esta catedral. Atualmente só resta a fechada.
  • Fortaleza do Monte: Muito perto das ruínas anteriores está a fortaleza que historicamente se encarregou da defesa da cidade. Nela está o Museu de Macau. Do alto da fortaleza há boas vistas de toda a cidade.
  • Fisherman's Wharf: Poderíamos definir como um centro de lazer temático onde você poderá encontrar lojas e restaurantes, atrações e diversão para todas as idades.
  • Torre de Macau: Com 338 metros e um aspecto similar à Torre Stratosphere de Las Vegas, a Torre de Macau é o melhor ponto para contemplar toda a cidade. Os mais aventureiros poderão fazer uma série de atividades extremas na torre, entre as quais se destaca fazer rapel do seu ponto mais alto. 

Os cassinos e o jogo

Macau é conhecida como “Las Vegas da China”, já que é o único lugar do país onde o jogo está legalizado. Sua economia depende 70% desse setor.

Os cassinos são obras faraônicas e desde 2006 a arrecadação já supera a obtida pelos da cidade de Nevada. A explicação é clara: há mais de 3 bilhões de pessoas que vivem a menos de cinco horas de voo, enquanto em Las Vegas a essa distância vivem apenas 400 milhões de pessoas.

Se você for visitar Macau, não pode perder os cassinos Sands e Venetian e, se o seu orçamento permite e você quer passar a noite na cidade, dormir nesse último vale muito a pena.

Como ir a Macau?

De Hong Kong há várias empresas de ferries que operam o trajeto a Macau. Você pode pergar os barcos em Central ou em Tsim Sha Tsui. Da Central saem barcos a cada 15 minutos que custam entre 115 e 175 HKD. O trajeto a Macau dura entre 60 e 75 minutos e há barcos das 7:00 às 24:00 horas.

Conselhos

  • Não esqueça o passaporte, você deve passar pelos trâmites da alfândega ao chegar ao porto em Macau. Os requisitos são os mesmos que em Hong Kong.
  • Embora a moeda oficial de Macau seja a pataca, eles aceitam dólares de Hong Kong sem nenhum problema. Recomendamos não trocar dólares por patacas, já que, curiosamente, em alguns lugares, como os cassinos, só aceitam a moeda de Hong Kong.