Kowloon

Com uma densidade de 43.000 habitantes por quilômetro quadrado, Kowloon é a zona mais densamente povoada de Hong Kong.

Kowloon é uma península de caráter residencial localizada ao norte da ilha de Hong Kong que forma uma das áreas mais caóticas e especiais da cidade.

O que ver em Kowloon

Em Kowloon estão grande parte das vistas turísticas de Hong Kong. Esses são alguns dos lugares mais destacados:

Cidade amuralhada de Kowloon

Criada como posto de vigilância contra os piratas no período da dinastia Song, a meados do século XIX, a cidade amuralhada de Kowloon se tornou uma fortaleza que foi a única parte de Hong Kong que não passou às mãos da Grã-Bretanha, por isso se manteve como um pedaço pequeno e isolado da China que resultava muito atraente para os colonos britânicos.

Depois da II Guerra Mundial e da invasão japonesa de Honh Kong, a zona se tornou um submundo onde mafiosos e delinquentes desfrutavam da impunidade do tráfico de ópio, do álcool e da prostituição.

Sem polícia e sem leis, a população se multiplicava em alguns momentos e nos anos 1980 a cidade sem lei já tinha mais de 35.000 habitantes. Os edifícios se amontoavam uns sobre os outros e a cidade era conhecida por seus fumódromos de ópio, seus cassinos, o tráfico de cocaína, as fábricas de falsificações, as barracas de rua onde se servia carne de cachorro e os dentistas sem licença que trabalhavam em consultórios assustadores.

Depois de longos anos de descontrole, as autoridades decidiram atuar quando já tinha se tornado a zona com maior densidade populacional do planeta graças aos 1.900.000 habitantes por metro quadrado.

Depois de inspirar vários jogos e filmes, o inferno urbano da cidade amuralhada de Kowloon foi demolido e sobre seu terreno foi construído um parque tradicional chinês, o Parque da Cidade Amuralhada de Kowloon.